Inscrição e Admissão


INSCRIÇÕES E ADESÃO AO AGRUPAMENTO 773 – Póvoa de Santa Iria

As entradas são decididas de acordo com as necessidades e disponibilidade das unidades do Agrupamento 773. Para preencher uma intenção de inscrição, clique aqui.

A primeira fase para a entrada no Agrupamento 773 é realizada com a inscrição do aspirante. O Agrupamento anuncia o dia previamente e todos os interessados são recebidos.

Se as inscrições ultrapassarem as vagas existentes, será realizada uma selecção de acordo com uma série de factores. Em primeiro lugar se têm irmãos ou se são filhos de escuteiros do Agrupamento ou filhos de antigos escuteiros do Agrupamento. Depois é considerada a ordem de chegada no dia da inscrição, seguidamente a idade e o sexo do elemento. Em relação a transferências de outros Agrupamentos, são analisadas de acordo com os factores que motivam essa mudança, tendo em consideração a alteração da zona de residência anterior.

Todas as inscrições são realizadas pelo Chefe de Agrupamento ou outro Dirigente designado para o efeito. Na inscrição também devem ser referenciados os motivos que levam à entrada para o movimento, os Encarregados de Educação devem ainda dizer se existem algum problema de saúde, ou problemas sociais que tenham influência no natural desenvolvimento do aspirante a escuteiro.

Devem ainda levar o Cartão de Cidadão do elemento, ou BI e Cartão de Saúde, tal como a Cédula da Vida Cristã ou as datas importantes da Vida Cristã e ainda o horário em que frequenta a Catequese (caso já tenha horário na data de inscrição).

Após as inscrições, os responsáveis pelos elementos que têm vaga, serão contactados para iniciarem as actividades num determinado dia.

Se existirem elementos que não sejam colocados, as fichas de inscrição são guardadas por um ano e se existirem vagas são contactados. Se o interesse se mantiver será chamado. Se não existir interesse, ou se não o contacto for impossível de realizar – por motivos alheios ao Agrupamento 773 – a inscrição será anulada.

 

REGULAMENTO GERAL SOBRE ADESÕES: 

Requisitos, direitos e obrigações dos aspirantes

Artigo 24.º do reg. geral
Aspirantes
1. Aspirante é todo aquele que pretende adquirir a qualidade de Escuteiro pela primeira vez.

2. Requisitos:
a) Ter a idade seguinte:
Lobitos – I Secção – dos 6 aos 9 anos;
Exploradores – II Secção – dos 9 aos 14 anos;
Pioneiros – III Secção – dos 14 aos 18 anos;
Caminheiros – IV Secção – dos 18 aos 21 anos;
b) Desejar, de própria e livre vontade, ser Escuteiro e estar na disposição de cumprir fielmente, segundo o grau de maturidade própria da idade respectiva, os Estatutos e Regulamentos do CNE;
c) Ter a autorização, por escrito, dos pais ou representantes legais, para associados menores;
d) Parecer médico sobre a compatibilidade das condições de saúde e as actividades escutistas a realizar;
e) Ser baptizado ou, no caso de ainda o não ser, estar na disposição de se preparar para receber este sacramento.

3. Direitos:
a) Participar em actividades do CNE;
b) Beneficiar da actividade editorial do CNE;
c) Utilizar os serviços oferecidos pelo CNE;
d) Usar o uniforme, de acordo com o respectivo regulamento.

4. Deveres:
a) Preparar-se, de acordo com o Sistema de Progresso, para conscientemente fazer a Promessa;
b) Participar nas actividades que lhe estão destinadas;
c) Satisfazer pontualmente os encargos legitimamente estabelecidos no CNE.

in Regulamento Geral

 

PRINCÍPIOS E DISPOSIÇÕES GERAIS DO CNE

Artigo 1.º

Definição

1. O Corpo Nacional de Escutas (CNE) – Escutismo Católico Português é uma Associação de juventude, destinada à educação integral dos jovens de ambos os sexos, baseada no voluntariado; é um movimento de carácter não político, aberto a todos, em conformidade com as finalidades, princípios e método tal como concebidos pelo Fundador, Baden-Powell, e abaixo formulados.

2. O CNE é um movimento da Igreja Católica, cuja fé e doutrina assume, proclama e defende, a ela vinculado nos termos da Carta Católica do Escutismo e seu Anexo.

3. O CNE tem personalidade jurídica e rege-se pelos seus Estatutos, pelo presente Regulamento Geral, pelos regulamentos aprovados pelos órgãos deliberativos do CNE e pelas normas de direito (civil e canónico) aplicáveis.

4. O CNE é uma instituição reconhecida de Utilidade Pública pelo Governo, conforme publicação no Diário da República n.º 177, III série, de 8 de Agosto de 1983.

 

O Agrupamento 773 da Póvoa de Santa Iria tem 29 anos de História e pertence ao Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português.

 

O Chefe de Agrupamento

Grande Búfalo